Ensino Médio Postado no dia: 20 junho, 2024

Novo Ensino Médio: confira as mudanças que você precisa conhecer

Novo ensino Médio

Tempo estimado de leitura: 3

Em março deste ano, a Câmara dos Deputados aprovou um conjunto de mudanças para o Novo Ensino Médio (NEM). O projeto, que desde 2017 movimenta o debate sobre os rumos da educação, teve o relatório preliminar da relatora publicado em 10 de junho e está na Comissão de Educação e Cultura do Senado Federal para ser votado.

Para ajudar você a entender toda essa movimentação, reunimos neste artigo quais são as últimas alterações sofridas na redação da proposta e o que pode mudar na vida dos estudantes. Boa leitura!

Quais são as mudanças na carga horária do Novo Ensino Médio?

A carga horária total continua sendo de 3.000 horas, mas é possível que a divisão entre os componentes curriculares obrigatórios e as optativas (os chamados itinerários formativos) sofra alterações.

Atualmente, o Ensino Médio exige 1.800 horas para os componentes curriculares obrigatórios e 1.200 horas para os itinerários formativos.

Pelo texto reformulado até o momento, teremos um aumento na carga horária da Formação Geral Básica e uma redução na carga horária dos Itinerários Formativos. O valor dessas alterações, ainda não é um consenso, mas gira entre um mínimo de 2.200 horas e 2.400 horas para os componentes curriculares obrigatórios e um mínimo de 800 horas e 600 horas para as optativas. Na prática, ocorrerá um aumento na carga horária dos componentes curriculares obrigatórios.

A composição da grade dos componentes curriculares obrigatórios

Hoje, além do Português e da Matemática, as os curriculares obrigatórios presentes nos três anos do Ensino Médio incluem Artes, Sociologia, Filosofia e Educação física.

A nova proposta amplia para doze o número de componentes curriculares e coloca Espanhol em disputa entre ser opcional ou obrigatória:

  • Língua Portuguesa e suas Literaturas;
  • Língua Inglesa;
  • Língua Espanhola (o relatório do Senado apresenta como obrigatória)
  • Artes;
  • Educação física;
  • Matemática;
  • Biologia;
  • Física;
  • Química;
  • Filosofia;
  • Geografia;
  • História;

E os itinerários formativos, como ficam?

No modelo atual, as redes de ensino decidem quantos e quais disciplinas optativas serão ofertadas aos alunos do Ensino Médio.

Com a reestruturação, as escolas deverão oferecer no mínimo dois cursos e, esses cursos, devem contemplar as quatro áreas do conhecimento (matemática, linguagens, ciências da natureza e ciências humanas), ou programas de formação técnica e profissional.

Assim, para a escola oferecer o mínimo de cursos, ela deverá combinar as áreas do conhecimento utilizando, pelo menos, duas áreas (Matemática e Ciências da Natureza; Linguagens e Ciências Humanas), reforçando a autonomia na construção de sua trajetória educacional, social e profissional.

O novo modelo convida o aluno a se tornar protagonista no processo de aprendizagem e de construção dos próprios sonhos, sempre contando, claro, com o apoio e a orientação da escola e dos educadores.

Confira mais alterações importantes

No contexto do ensino a distância e do ensino técnico, também houve algumas modificações. Acompanhe a seguir como podem ficar essas questões:

ENSINO A DISTÂNCIA

A legislação atual permite ofertar na modalidade remota conteúdos que são obrigatórios. Com a mudança, os deputados propõem que a carga horária destinada à formação geral básica seja presencial.

ENSINO TÉCNICO

No caso do ensino técnico, a nova redação impacta a carga horária. Atualmente, os alunos devem cumprir a jornada de 1.800 horas para componentes curriculares obrigatórios e 1.200 horas para o curso escolhido.

A nova legislação estabelece uma carga de 2.200 horas para os componentes curriculares obrigatórios e 800 horas para a grade técnica. Em alguns casos, como enfermagem e eletrônica, a carga horária da formação técnica pode chegar a 1.200 horas.

IMPLEMENTAÇÃO

O Projeto de Lei do Senado mantém a possibilidade de início da implementação já para 2025.

A sua escola preparada para o futuro do Novo Ensino Médio

Enquanto o trâmite do projeto de lei segue pelas casas legislativas responsáveis, é importante que as instituições de ensino estejam atualizadas e preparadas para as possíveis mudanças.

As escolas parceiras da Conquista já estão nesse caminho de adequação, recebendo todo o suporte da nossa equipe de especialistas.

Vale esclarecer que os atuais alunos do Ensino Médio da Conquista não serão afetados (se for necessário, é possível fazer alguns ajustes de carga horária no material em vigor).

Ressaltamos também que o projeto ainda está em tramitação e que sua aprovação final só acontece após aprovação do Senado Federal e sanção do presidente da república.

Portanto, até o momento podemos ficar tranquilos, mas seguimos atentos a todo e qualquer movimento, para que, se forem necessárias, as medidas de regulação sejam implementadas sem prejuízo aos estudantes.

Seja você também uma escola parceira Conquista. Fale com os nossos consultores e fique por dentro não só dos avanços da nova proposta para o Ensino Médio, mas também de outros assuntos relacionados à educação.


Artigos Relacionados

Ensino Médio
+
Novo ensino Médio

Novo Ensino Médio: confira as mudanças que você precisa conhecer

Em março deste ano, a Câmara dos Deputados aprovou um conjunto de mudanças para o Novo Ensino Médio (NEM). O projeto, que desde 2017 movimenta o debate sobre os rumos da…

Leia mais

Família
+
Festa Junina na escola

Festa Junina na escola: como incluir alunos e famílias

Chegou uma das épocas mais aguardadas do ano: o período da Festa Junina na escola, algo bastante esperado por alunos, professores e famílias. É um momento em que as…

Leia mais

Família
+
Família e escola

Família e escola: uma relação que transforma o desenvolvimento da criança

Construir uma relação entre família e escola é um grande desafio para as instituições escolares. Muitas vezes pais e instituição têm interesses e necessidades diferentes,…

Leia mais

Formação e Gestão Escolar
+
Gestão de Pessoas

Gestão de pessoas na escola: tudo o que você precisa saber

A gestão de pessoas é uma parte essencial para o bom funcionamento de uma escola. Afinal de contas, são os colaboradores que fazem a dinâmica escolar acontecer todos os…

Leia mais

Socioemocional
+
Competências socioemocionais

Como competências socioemocionais ajudam no desempenho acadêmico

Um estudo realizado em Sobral (CE) pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), em parceria com o Instituto Ayrton Senna, mostrou importantes…

Leia mais

Formação e Gestão Escolar
+
Como evitar o bulliyng

Como evitar o bullying na escola?

O mês de abril é marcado pelo Dia Nacional de Combate ao Bullying, momento para refletir sobre como evitar o bullying na escola. De acordo com uma pesquisa realizada pelo…

Leia mais

Família
+
Revista Projeto de Vida Conquista

Revista Projeto de Vida: reportagens, entrevistas e atividades repletas de conhecimento

Se você é aluno, professor, coordenador ou gestor de uma de nossas escolas parceiras, já pode baixar a revista na plataforma ConX (novo ambiente virtual da…

Leia mais

Família
+
família na escola

Família na escola: como se engajar mais nas atividades do seu filho?

Com a correria do dia a dia, fica difícil encontrar tempo para dar atenção às tarefas escolares do seu filho, não é mesmo? Mas pensar a presença da sua família na escola…

Leia mais

Formação e Gestão Escolar
+
Cultura Maker

Cultura maker na educação: o que é e principais ferramentas

Pensar na escola do futuro é pensar em um modelo pedagógico mais dinâmico e participativo. Pensando nisso, preparamos este post com informações importantes sobre o que é…

Leia mais

Formação e Gestão Escolar
+
Educação digital

Educação digital: os desafios das escolas do futuro

A educação digital é considerada uma verdadeira revolução nos processos de ensino e aprendizagem do mundo atual. O fato é que a tecnologia vem assumindo um papel cada vez…

Leia mais